Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Jovem GNR suspenso por roubar os colegas

Furtos dentro do posto da Comporta ocorreram logo no primeiro ano de serviço do militar
11 de Maio de 2014 às 11:47
Militar foi considerado culpado pelo furto de bens e dinheiro de colegas no posto da Comporta
Militar foi considerado culpado pelo furto de bens e dinheiro de colegas no posto da Comporta FOTO: Pedro Catarino

Um militar do posto da GNR da Comporta, no destacamento de Grândola, foi suspenso, por 180 dias, depois de ter sido dado como culpado por furto. Furtou alguns bens e dinheiro dos seus colegas do Comando Territorial de Setúbal, embora se desconheça durante quanto tempo isso aconteceu e a quantia exata que foi subtraída aos restantes companheiros. O jovem guarda ainda estava no chamado ano probatório, ou seja, o primeiro ano de serviço no qual está à experiência.

Depois de ter sido apanhado, em setembro de 2013, foi imediatamente instaurado um processo ao militar em causa e a decisão foi de seis meses de suspensão. Depois de cumprir a pena o guarda será transferido para o comando da GNR de Faro.

De acordo com o processo, a que o CM teve acesso, a decisão prende-se com o facto de o guarda "ter deixado de ter a confiança do restante efetivo do posto territorial onde prestava serviço, sendo esta uma condição imprescindível à coesão interna e à disciplina". Contactado pelo CM, o oficial de relações públicas do Comando de Setúbal da GNR confirmou a pena aplicada ao guarda e acrescentou que existe ainda outro processo administrativo a decorrer.

Ao que o CM apurou, o mais provável é que o resultado seja a suspensão permanente do militar e a consequente expulsão da Guarda Nacional Republicana.

Este processo remonta a 24 de setembro do ano passado. A pena aplicada foi conhecida a 27 de novembro, data em que começou a suspensão do guarda.

O Comando Territorial de Setúbal assegurou ainda estar surpreso com toda esta situação, principalmente por os furtos terem sido cometidos por um militar que nem sequer estava em funções há um ano. E diz que este foi o primeiro caso do género registado naquele comando.

Grândola Comporta GNR suspenso Setúbal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)