Jovem mata amante gay a soco e pontapé no Porto

Juan Costela, de 20 anos, desfigurou namorado de 67, a quem arrancou dentes e unhas. Ficou em prisão preventiva.
Juan Costela, 20 anos, morava com Fernando Cruz, de 67, desde dezembro, na rua Santos Pousada, no centro do Porto. Segunda-feira à tarde, os dois homens discutiram e e o espanhol agrediu o reformado até à morte, com murros, pontapés e joelhadas. Arrancou-lhe dentes e unhas. Deixou o namorado desfigurado. O corpo só foi encontrado na terça-feira. 

Esta quinta-feira, o suspeito ficou em prisão preventiva.

O homicida - procurado na Europa para cumprir 14 anos de cadeia, em Espanha - foi detido pela PJ pouco depois. Foi ontem presente a juiz e será hoje ouvido em primeiro interrogatório.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!