Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Jovem morre esfaqueado a defender amigo em Silves

Vítima morreu na rua do Forno, em São Bartolomeu de Messines.
Ana Palma 10 de Maio de 2019 às 01:30
Diogo tentou evitar que amigo fosse agredido
Vítima morreu na rua do Forno, quando ia a caminho da GNR
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Diogo tentou evitar que amigo fosse agredido
Vítima morreu na rua do Forno, quando ia a caminho da GNR
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Diogo tentou evitar que amigo fosse agredido
Vítima morreu na rua do Forno, quando ia a caminho da GNR
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Jovem de 19 anos esfaqueado até à morte em Silves
Diogo Rodrigues Cantos - ou ‘Cantinhos’, como era conhecido - morreu na madrugada desta quitna-feira após uma rixa na rua da Liberdade, em S. Bartolomeu de Messines, Silves.

A vítima, de 19 anos e de Algoz, que segundo populares terá tentado evitar que um amigo fosse agredido, foi esfaqueado no tórax por outro jovem - Tiago Hilário, de 20 anos, de Messines. Este foi esta quinta-feira presente a tribunal e ficou em preventiva.

O alerta foi dado pelas 00h11 e Diogo, praticante de futsal no Albufeira Futsal Clube, morreu pouco tempo depois, na rua do Forno, quando se dirigia à GNR, para pedir ajuda e apresentar queixa. Sem se aperceber da gravidade do ferimento que tinha sofrido, queixava-se de que se "sentia maldisposto".

Isso foi confirmado ao CM pelo comandante dos Bombeiros Voluntários de S. Bartolomeu de Messines, Joaquim Gonçalves, segundo o qual o ferido estava "sentado no chão, consciente e com uma perfuração na zona do tórax".

Pouco depois entrou em paragem cardiorrespiratória. As manobras de reanimação não tiveram sucesso e o óbito foi declarado no local pelo INEM. Quanto ao homicida, que abandonou o local, acabou, pouco tempo depois, por se entregar no Posto da GNR de S. Bartolomeu de Messines.

Tinha na sua posse a faca usada no crime e apresentava ferimentos na mão esquerda, pelo que foi assistido pelo INEM no Posto da GNR.

A Polícia Judiciária investiga o crime. O suspeito já estava referenciado pela GNR por diversos atos de delinquência.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)