Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Jovens filmam insultos raciais

Um grupo de rapazes, aparentando ter entre os 16 e os vinte anos, anda a provocar os habitantes das Caldas da Rainha adoptando atitudes racistas e persecutórias. Os insultos são filmados e difundidos pela internet, mais concretamente no site de partilha de vídeos YouTube.
20 de Julho de 2008 às 00:30
A comunidade YouTube já alertou para a remoção dos vídeos
A comunidade YouTube já alertou para a remoção dos vídeos FOTO: DIREITOS RSERVADOS

As autoridades policiais já viram as imagens mas alegam nada poderem fazer por se enquadrarem na moldura de crimes semipúblicos e ser exigida uma declaração de vontade do lesado para que o Ministério Público possa dar início a um processo judicial.

No site do YouTube aparecem vários vídeos protagonizados pelo grupo, gravados por um telemóvel, nos quais dois a cinco rapazes aparecem a provocar uma mulher de etnia cigana, conhecida na cidade por sofrer de perturbações mentais. O jovens perseguem a mulher e dirigem-lhe uma série de insultos.

Noutro vídeo, o grupo intimida um comerciante chinês, proprietário de quatro lojas nas Caldas da Rainha. Enquanto um dos prevaricadores vai gravando, os outros gozam com o dono, mexendo nos artigos e simulando que falam chinês. O vídeo foi colocado há cinco meses no YouTube e foi visionado pela PSP há cerca de dois meses apurou o Correio da Manhã. Mas, como nunca foi apresentada queixa na esquadra, o caso caiu no esquecimento.

Acomunidade YouTube já considerou o filme "abusivo e racista". A reacção dos utilizadores é semelhante, havendo registo de vários comentários insultuosos para com os autores do vídeo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)