Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Judiciária apanha cocaína em navio

A PJ, em colaboração com a Polícia Marítima de Lisboa, apreendeu no domingo mais de 15 quilos de cocaína que estavam escondidos no poço do elevador de um navio mercante que faz habitualmente uma rota considerado de ‘risco’: América do Sul-Europa.
28 de Junho de 2006 às 00:00
Não é a primeira vez que a PJ detecta cocaína a bordo desde navio. Há pouco mais de um mês, no mesmo local, foi detectado um saco com droga. “Deve ser alguém que sabe que a embarcação parte da Colômbia, passa pela Venezuela, pára em Lisboa e segue até Itália”, disse fonte da Direcção Central de Investigação do Tráfico de Estupefacientes ao CM.
A tripulação e os responsáveis pela empresa armadora foram identificados mas a Judiciária diz que “não estão relacionados com estas transacções”.
“Os tripulantes só descem ao local onde é colocada a droga em caso de avaria. Os elementos da organização criminosa sabem-no e aproveitam-se do trajecto do navio para passar a droga”, disse a mesma fonte. Foram apreendidos 15,8 quilos de cocaína em elevado estado de pureza.
As investigações prosseguem a cargo da PJ e das polícias internacionais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)