Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Judiciária investiga cúmplice de homem que baleou ‘ex’ e sogra

Paradeiro de António Pardal continua desconhecido. Crime ocorreu em Reguengos de Monsaraz.
H.R. 13 de Novembro de 2019 às 09:42
António Pardal
Crime ocorreu em Reguengos de Monsaraz
António Pardal
Crime ocorreu em Reguengos de Monsaraz
António Pardal
Crime ocorreu em Reguengos de Monsaraz
A PJ está a investigar um sobrinho de António Pardal que o terá ajudado no ataque a tiro cometido na segunda-feira, em Cumeada, Reguengos de Monsaraz, e que deixou a ex-mulher – Arminda Félix, que tem uma bala alojada no maxilar – e a sogra a lutarem pela vida.

O jovem tem um pé partido, que as autoridades acreditam possa ser um ferimento sofrido ao sair do local. A PJ tenta determinar se o homem está a ser ajudado por amigos a esconder-se na região, se fugiu do País rumo à Suíça (onde esteve emigrado), ou se cometeu suicídio.
Cumeada António Pardal PJ Reguengos de Monsaraz Arminda Félix crime lei e justiça crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)