Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Judiciária prende marido violento

Com problemas de alcoolemia, violento e com ciúmes desmedidos. Batia na mulher e no filho, insultava-os, tratava-os com desprezo. Incendiou a casa onde vivia com a mulher e o carro do filho. Ontem, foi presente ao juiz de instrução criminal de Vila Real, depois de ter sido detido pela PJ da mesma cidade. Foi libertado ao princípio da noite e proibido de contactar a família. Foi ainda determinado que deverá ser seguido por um médico e fazer um tratamento para deixar o álcool.
22 de Maio de 2010 às 00:30
Judiciária prende marido violento
Judiciária prende marido violento FOTO: Getty Images/istockphoto

Segundo apurou o CM, os desentendimentos começaram no início da semana. O homem voltou a bater na família. A mulher e o filho resolveram abandonar o lar. Desesperado, o agricultor de 47 anos vingou-se. Usou combustível e ateou vários focos de incêndio nos dois locais. Depois fugiu e só devido à intervenção dos bombeiros é que a casa não ardeu completamente. O carro sofreu danos irreparáveis.

A história de violência já é antiga. O agricultor já foi indiciado em vários casos de maus-tratos. Também já esteve interdito de se aproximar da família e já fez vários tratamentos de desintoxicação do álcool. Recaiu sempre e voltou aos comportamentos violentos com a família.

Anteontem, o homem foi detido numa aldeia de Vila Pouca de Aguiar. Não resistiu e foi-lhe apreendido um recipiente contendo resíduos de combustível e o isqueiro que terá sido utilizado na deflagração.

Ver comentários