Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Juiz valida escutas da Operação Marquês que Sócrates e Salgado tentaram travar

Arguidos do mediático caso pediram para que fossem consideradas nulas por causa de um vírus informático.
17 de Abril de 2018 às 11:40
Juiz Carlos Alexandre
O juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre
O juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre
O juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre

O juiz Carlos Alexandre validou as escutas telefónicas que José Sócrates e Ricardo Salgado tinham pedido para que fossem anuladas porque tinham um vírus informático. 

Tais escutas integram, agora, o caso da Operação Marquês. 

O juíz em questão publicou um despacho esta segunda-feira onde diz que não há motivo para considerar que as escutas são nulas e que, por isso mesmo, são válidas e vão ser usadas em tribunal.

Recorde-se que a defesa de José Sócrates tinha pedido a nulidade das interceções telefónicas em março desde ano, alegando que as escutas estavam infetadas com vírus e que tinham sido gravadas em ficheiros que não estavam protegidos. 

No entender da defesa do ex-governante, as escutas podiam ter sido manipuladas. O requerimento de nulidade foi apresentado no tribunal central de instrução criminal.

Os advogados de Ricardo Salgado também pediram que as escutas não fossem consideradas válidas. Agora, o juiz Carlos Alexandre entendeu que não existiam razões para aceitar o pedido da defesa do principal arguido da Operação Marquês e do ex-presidente do BES. 

Carlos Alexandre José Sócrates Ricardo Salgado política política
Ver comentários
}