Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Juiz prende jovem homicida que matou o namorado em Fafe

Luís Rodrigues, de 21 anos, morreu depois de uma facada no pescoço.
Ágata Rodrigues 3 de Julho de 2019 às 08:28
Luís Rodrigues, de 21 anos, foi assassinado com uma facada no pescoço
Tribunal de Guimarães
Tribunal de Guimarães
Luís Rodrigues, de 21 anos, foi assassinado com uma facada no pescoço
Tribunal de Guimarães
Tribunal de Guimarães
Luís Rodrigues, de 21 anos, foi assassinado com uma facada no pescoço
Tribunal de Guimarães
Tribunal de Guimarães
O juiz de instrução do Tribunal de Guimarães decidiu, esta terça-feira, agravar as medidas de coação de Bruna Letícia Gonçalves, de 22 anos, que agora fica em prisão preventiva a aguardar julgamento pelos crimes de violência doméstica agravada e homicídio qualificado do namorado, Luís Rodrigues, de 21 anos, a 18 de outubro de 2017, em Fafe.

A jovem estava em liberdade e voltou a ser chamada a tribunal, uma vez que, face aos indícios recolhidos, o juiz entende que as medidas de coação aplicadas estavam desfasadas em relação à gravidade dos atos - segundo a acusação, foi a mulher que, após meses de comportamento obsessivo, esfaqueou Luís e lavou depois a faca.

"A única proibição que ela tinha era de vir a Fafe. Continuámos a ver pelas redes sociais que fazia a sua vida normal e a publicar fotografias em festas depois de ter feito o mal que fez. É uma paz ter conhecimento que finalmente fica na cadeia", contou uma tia de Luís Gonçalves.

A agressão aconteceu depois de Bruna ter visto uma mensagem da vítima a uma ex-namorada. Após discussão, atacou o companheiro com uma facada fatal no pescoço.

PORMENORES
Ciúmes na origem do crime
O crime aconteceu na casa partilhada entre a vítima e a agressora, num contexto de ciúmes em que a jovem, depois de diversas mensagens a insultar e a provocar medo a Luís, acaba por esfaqueá-lo no pescoço.

Juiz falou aos familiares
Bruna Letícia Gonçalves nunca chegou a ser formalmente detida e o juiz de instrução criminal, na decisão instrutória, acabou por admitir que poderia agravar a medida de coação à jovem. Chegou a pedir serenidade aos familiares da vítima, garantindo que a justiça corrige os erros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)