Juíza tenta adiar visitas de avós

A família do advogado Cláudio Mendes, morto a tiro pelo ex-sogro em Fevereiro do ano passado em Mamarrosa, Oliveira do Bairro, foi "surpreendida" por um requerimento interposto pela filha da homicida que pode atrasar o processo de regulação das responsabilidades parentais – no qual se visa definir as visitas dos avós paternos à neta.
24.10.12
Juíza tenta adiar visitas de avós
Ferreira da Silva está a ser julgado no Tribunal de Anadia pela morte do ex-genro Cláudio Mendes Foto Eduardo Martins

A questão foi ontem referida por José Ricardo Gonçalves, advogado da família da vítima, no julgamento do homicida no Tribunal de Anadia, ao solicitar a junção da notificação recebida ao processo-crime.

A juíza Ana Joaquina, mãe da menina de quatro anos, solicitou que o Tribunal de Aveiro, onde corre a regulação das responsabilidades parentais, fosse declarado incompetente para o processo com o argumento de que a filha, de Março a Junho de 2011, dormiu e fez as refeições na Mamarrosa, pelo que o tribunal deveria ser o de Oliveira do Bairro. Não é a primeira vez que a juíza suscita incidentes do género. Até a situação estar definida, os avós paternos continuam sem visitar a criança.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
18 Comentários
  • De JOSÉ26.10.12
    Truques, mais truques e a pobre criança a ser criada, formada e programada pelo criminoso que é o avô materno e pela egoista e sem noção nenhuma do que é a vida que a deu à luz. Mãe não faz coisas destas! Isto não é mãe!
    Responder
     
     1
    !
  • De GR26.10.12
    O titúlo desta notícia devia ser: " JUÍZA DEFENDE CRIMINOSO". Em que País se vê isto?
    Responder
     
     1
    !
  • De Nuno Vilaranda25.10.12
    é simplesmente uma vergonha!!! Onde estão os direitos desta menina, desta criança? O direito desta menina ter uma relação aos avós, aos tios...Será que ninguém tem coragem de dar um cartaão vermelho a estas barbaridades.
    Responder
     
     0
    !
  • De hugo santos25.10.12
    Mais uma vergonha,1criança que vive com o assassino do próprio pai de facto o superior interesse da criança não e o que esta aqui em causa o que esta aqui em causa é como sempre o superior interesse da mãe como habitual.
    Responder
     
     1
    !
  • De Mendes25.10.12
    Alienação Parental pura e dura! No Brasil está senhora ou entrava nos eixos ou era presa! Países que defendem os interesses dos menores não brincam com estas coisas. PORTUGAL É ESTA VERGONHA!
    Responder
     
     1
    !