Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Julgado por matar amante da mulher

O homem que confessou ter morto o ex-companheiro da mulher, cinco anos depois do crime, foi acusado de homicídio qualificado pelo Ministério Público de Leiria.
24 de Agosto de 2011 às 00:30
Nuno Coelho confessou
Nuno Coelho confessou FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Segundo o despacho de acusação, a que o CM teve acesso, Nuno Coelho, de 39 anos, matou Fernando Lopes da Costa, de 40 anos, com uma moca de madeira, depois de o ter encontrado na cama com a sua mulher, em meados de Agosto de 2005, em Rego de Água, Leiria. Embrulhou o cadáver e enterrou-o num pinhal na zona de Alcobaça.

Em Janeiro deste ano, ligou à PJ a confessar o crime. E aceitou vir da Suíça, onde estava a residir, para se entregar. A mulher, que chegou a ser apontada como cúmplice, foi ilibada pelo Ministério Público.

HOMICÍDIO JULGAMENTO MORTE LEIRIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)