Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Julgado por matar mulher para roubar 200 euros

O homem de 42 anos suspeito de ter morto a golpes de x-acto uma mediadora imobiliária, a quem roubou o telemóvel e 200 euros, há um ano, em Viseu, começa hoje a ser julgado.
15 de Dezembro de 2009 às 00:30
Dulce foi degolada há um ano
Dulce foi degolada há um ano FOTO: Nuno André Ferreira

Dulce Moreira, de 48 anos, foi encontrada por um filho, degolada na casa de banho do apartamento que estava a mostrar a um cliente. O filho estranhou o facto de a mãe ter o telemóvel desligado e foi à sua procura.

O homicida, um pintor de automóveis desempregado, casado e com três filhos, foi detido duas semanas depois pela Polícia Judiciária de Coimbra e é julgado por homicídio qualificado.

Segundo familiares da vítima, o homicida não era seu amigo pessoal, nem mesmo conhecido da família. No entanto, este residia num apartamento arrendado por ela.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)