Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Julgamento do homem que matou pais e irmã na Madeira começa em maio

Arguido utilizou a espingarda do progenitor para cometer os crimes.
Lusa 12 de Abril de 2018 às 16:05
Tribunal
Tribunal FOTO: Getty Images
O início do julgamento do homem que assassinou os pais e a irmã enquanto dormiam, no concelho de Santana, no norte da Madeira, a 12 de agosto, está agendado para 30 de maio.

O julgamento decorrerá no tribunal da Instância Central da Comarca da Madeira, sendo arguido um homem de 51 anos que está em prisão preventiva e que é acusado pela prática de "três crimes de homicídio qualificado".

A informação disponibilizada na página da Procuradoria-geral Distrital de Lisboa refere que o homem decidiu matar os familiares "na sequência de frequentes discussões".

A acusação também refere que o arguido "carregou a espingarda do pai e dirigiu-se aos quartos dos familiares, apontando-lhes a arma e disparando-a na direção da cara, atingindo-os".

A mãe e a irmã tiveram morte imediata e o pai ainda esteve internado no Hospital do Funchal, mas "as lesões provocadas nas três vítimas foram causa adequada e direta das suas mortes".

Os pais do arguido eram emigrantes em França e a irmã residia no Algarve. Estavam a passar férias na residência que possuíam em Santana, na zona norte da ilha da Madeira, sendo ainda desconhecidos os motivos do crime.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)