Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Júnior acolhe mais de 30 crianças vítimas de abusos sexuais

Mais de 30 crianças, alegadamente vítimas de abusos sexuais e maus tratos, foram ouvidas na sala júnior do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, um espaço próprio criado há um ano.

30 de Maio de 2011 às 08:48
Crianças abusadas têm sala própria no DIAP
Crianças abusadas têm sala própria no DIAP FOTO: D.R.

A sala júnior do DIAP foi criada a 01 de junho de 2010 e pretende dar mais conforto e confiança às crianças que alegadamente foram vítimas de maus tratos e abusos sexuais e que têm de depor no decurso de uma investigação criminal.

Segundo dados do DIAP fornecidos à agência Lusa, em 2010 deram entrada 180 inquéritos (investigações) relativos ao abuso sexual de menores, sendo que 27 agressores foram acusados e em outros 41 casos os processos foram apensados, incorporados ou remetidos para outras comarcas.

Dos processos entrados no ano passado 146 foram arquivados.

Já este ano, deram entrada no DIAP 35 processos por abusos sexuais de crianças e de que resultaram quatro acusações. Outros 16 casos foram incorporados, apensados ou remetidos para outras comarcas.

A sala júnior permite que as vítimas (crianças) possam ser interrogadas num ambiente amigável, a jogar ou entretidas com os brinquedos, podendo ser ouvidas e observadas, através de um vidro, pelos magistrados, sem que se apercebam da presença dos investigadores.

O espaço está decorado com alegria e cor, desenhos de flores e de animais nas paredes, mobiliário infantil colorido, jogos, bonecos, televisão e computadores, equipamentos oferecidos por empresas privadas.

Segundo a directora do DIAP, a procuradora-geral adjunta Maria José Morgado, "a sala tem sido utilizada com êxito e bons resultados no acolhimento de crianças vítimas de abuso sexual", dando como exemplo o facto de nalguns casos haver crianças que se recusam a sair da sala depois de terminada a diligência.

DIAP Morgado Crianças Abusos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)