Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Justiça nega recurso a juiz violento

Foi condenado pela Relação de Guimarães a dois anos e três meses de pena suspensa por maus-tratos à companheira.
28 de Novembro de 2017 às 09:23
Juiz
Juiz
Justiça
Juiz
Juiz
Justiça
Juiz
Juiz
Justiça
O Supremo Tribunal de Justiça negou o recurso do antigo presidente do Tribunal Administrativo e Fiscal de Mirandela, condenado pela Relação de Guimarães a dois anos e três meses de pena suspensa por maus-tratos à companheira, incluindo a ausência de relações sexuais durante 11 anos.

Miguel Cerveira Pinto tinha sido absolvido em primeira instância.

Os acórdãos da Relação a penas não efetivas não são passíveis de recurso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)