Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Ladrão de bancos fugiu para França

França era o refúgio do assaltante solitário que fez oito roubos a bancos no Algarve, entre Dezembro de 2009 e o mês passado. Regressou a Portugal recentemente, e quando se preparava para novo crime, o assaltante de 60 anos foi capturado pela Polícia Judiciária (PJ), que já lhe seguia o rasto há vários meses.
20 de Outubro de 2012 às 01:00
Assaltante solitário de 60 anos foi ontem ouvido no Tribunal de Loulé. Actuava sempre de cara destapada durante os assaltos que fazia
Assaltante solitário de 60 anos foi ontem ouvido no Tribunal de Loulé. Actuava sempre de cara destapada durante os assaltos que fazia FOTO: Luís Costa

O homem, ao que o CM apurou, é motorista de pesados e estava no desemprego desde 2008. É natural de Guimarães, mas já residia no Algarve há vários anos. Actualmente morava em Albufeira.

O último assalto aconteceu a 6 de Setembro, na Caixa de Crédito Agrícola de Boliqueime, em Loulé. Foi o oitavo roubo, sempre com o mesmo modo de actuação: cara destapada como um cliente normal, um revólver escondido numa mala e entrava nos bancos sempre por volta da hora do almoço. Normalmente, escolhia as dependências da Caixa de Crédito Agrícola para assaltar. Atacou em Santa Bárbara de Nexe, Albufeira, Armação de Pêra e Loulé e conseguiu amealhar, segundo a PJ, cerca de 42 mil euros. Cada assalto rendia aproximadamente 5 mil.

A Directoria do Sul da PJ já o tinha identificado há vários meses, e chegou mesmo a divulgar fotogramas recolhidos pelos sistemas de videovigilância das entidades bancárias assaltadas. E foram pedidos mandados de captura nacionais e europeus.

Anteontem foi interceptado numa carrinha de matrícula francesa furtada. Foi presente a um juiz do Tribunal de Loulé, ontem à tarde, e foi colocado em prisão preventiva.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)