Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Ladrão de cobre electrocutado

Um homem de 33 anos ficou com 70 por cento do corpo queimado após uma violenta descarga eléctrica quando assaltava uma cabina eléctrica em Espinho, ontem de madrugada. Manuel Francisco Pereira Vita está internado num hospital em Lisboa, em estado muito grave.
11 de Janeiro de 2012 às 01:00
Cabina onde o homem sofreu a descarga eléctrica ontem de madrugada em Silvalde
Cabina onde o homem sofreu a descarga eléctrica ontem de madrugada em Silvalde FOTO: Francisco Manuel

"Ele gritava muito e teve de ser estabilizado e entubado pelos Bombeiros de Espinho e pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Gaia", explicou ao Correio da Manhã uma das primeiras pessoas a chegarem à rua do Monte em Silvalde, Espinho, ontem, cerca das 00h50.

A vítima, residente em Esmoriz, Ovar, sofreu queimaduras de 1º, 2º e 3º graus e ontem à tarde foi transferido do Hospital Santos Silva, em Vila Nova de Gaia, para o Hospital de São José, em Lisboa. O seu estado de saúde inspira muitos cuidados.

Manuel não estaria sozinho a tentar roubar cobre e poderá ter sido o cúmplice a pedir socorro. "Quando cheguei, estava lá um outro homem muito nervoso, com um comportamento suspeito, que se foi embora pouco depois", acrescenta a mesma testemunha, que não quer ser identificada.

O furto provocou o corte da energia eléctrica e deixou toda a zona às escuras. "Como já na semana passada tinha havido um outro assalto a outra cabina, que nos deixou a todos sem luz, desta vez saí de casa para ver onde é que era o assalto", explicou a testemunha. A GNR está a investigar o caso.

CABINE ESPINHO LADRÃO ASSALTO COBRE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)