Ladrão de fruta corta PSP na cara

Homem de 31 anos atingiu polícia de folga com copo partido.
Por Sérgio A. Vitorino|10.03.18
Um ladrão de fruta cortou a cara a um agente da PSP, de folga, com um copo partido. A agressão ocorreu quando a vítima tentou ajudar um colega fardado a fazer a detenção, na Pontinha, Odivelas, e ambos se viram rodeados por quatro agressores. Os dois agentes foram hospitalizados e o agressor, presente a tribunal, foi mandado em liberdade - apesar de ter dito na esquadra que não se importava de ir preso porque quando saísse iria "matar os polícias todos".

Segundo contou ao CM fonte policial, o ataque ocorreu pelas 22h20 de quinta-feira. O assaltante, de 31 anos, estava a furtar fruta de um camião de distribuição que descarregava para um supermercado. O agente da PSP em patrulha viu o movimento suspeito e abordou-o, questionando se tinha autorização para retirar a fruta. O assaltante disse que o proprietário lhe dera permissão. Mas esse homem, a custo, acabou por confessar ao polícia que era mentira.

Nesse instante, mais três suspeitos rodearam o polícia, de 30 anos, e tentaram coagi-lo e impedir a detenção. Ao se aperceber, um agente da PSP de folga, de cerca de 50 anos, foi em socorro do colega. Os polícias deram ordem para os quatro se afastarem, mas estes desobedeceram. O que estava a furtar a fruta partiu um copo de vidro e golpeou na cara o PSP mais velho, que caiu no chão. O agente fardado tentou ajudar o colega e, ao mesmo tempo, defender-se, sendo golpeado nas mãos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!