Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Ladrão fica em preventiva após furto

Um homem de 36 anos, residente em Urgezes, Guimarães, detido na quarta-feira à noite pela GNR de Vila Nova de Famalicão depois de ter furtado um Fiat Uno, em Vermoim, foi libertado no dia seguinte pelo juiz de instrução do Tribunal de Famalicão. Mas, mal saiu do edifício, foi novamente detido pela GNR, que deu cumprimento a um mandado do Tribunal de Braga. Ouvido ontem pelo juiz, ficou em prisão preventiva.
3 de Julho de 2010 às 00:30
Tribunal de Famalicão
Tribunal de Famalicão FOTO: José Rebelo

O homem foi perseguido na quarta-feira, durante cerca de 15 quilómetros, desde Vermoim, Famalicão, até Moreira, Braga. Ainda tentou resistir à detenção, agredindo um militar da GNR, mas acabou por ser dominado. Está acusado de diversos crimes de furto, assalto à mão armada, roubo, tráfico de estupefacientes e posse de arma ilegal. O indivíduo actuava, sobretudo, nos concelhos de Braga e Vila Nova de Famalicão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)