Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Ladrão 'mudo' assalta banco para pagar café

Entregou papel a avisar do roubo. Com um maço de notas, foi saldar a pequena dívida.
Ágata Rodrigues 28 de Outubro de 2016 às 01:45
Ladrão 'mudo' assalta banco para pagar café
Um jovem de 21 anos assaltou, esta quinta-feira de manhã, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) de Perafita, em Matosinhos. Já com um maço de notas na mão, foi saldar a dívida de um café que tinha tomado momentos antes, num estabelecimento a metros da dependência.

Apercebendo-se de que a funcionária da CGD ia chamar a polícia, voltou a tentar entrar no banco, mas ficou preso na ‘caixa de segurança’ [zona dos multibancos antes do atendimento] até à chegada da GNR.

O inusitado caso começou pelas 08h40. De acordo com testemunhas, o ladrão chegou num táxi, que o ‘despejou’ junto ao banco por não ter dinheiro para a corrida. De seguida, foi tomar um café, saindo logo depois, também sem pagar.

É aí que se dirige ao banco, entregando um papel a uma funcionária, informando-a de que se tratava de um assalto. Saiu com um maço de notas na mão e foi saldar uma das dívidas. "Entrou e pagou o café que tinha bebido, depois ficou a contar o dinheiro. Achei muito estranho. Só percebi o que se tinha passado com o aparato policial", disse uma testemunha.

Ao ver o ladrão ainda na zona, a funcionária do banco tê-lo-á abordado, dizendo que as autoridades estavam para chegar. Desorientado, o jovem tentou livrar-se das notas, atirando-as para a cabine de um camião que passava na EN107, mas acabou por voltar a apanhar o dinheiro. Vendo que a mulher iria ligar de novo à GNR, correu para o banco, mas a funcionária fechou-lhe a porta, encurralando-o.
Caixa Geral de Depósitos Perafita EN107 GNR ladrão assalto roubo dívida crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)