Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

‘Ladrão mudo’ de novo detido

O ‘ladrão mudo’, como ficou conhecido por ter feito sete assaltos a farmácias no verão passado, mostrando um papel a exigir dinheiro, foi novamente detido pela PJ do Porto. Cinco meses depois de ter saído da cadeia, foi apanhado por ser cúmplice da mulher num roubo armado.
24 de Agosto de 2011 às 00:30
Fernando Lima, ‘o ladrão mudo’, e a mulher, à saída do Tribunal de Instrução Criminal do Porto
Fernando Lima, ‘o ladrão mudo’, e a mulher, à saída do Tribunal de Instrução Criminal do Porto FOTO: Miguel Pereira da Silva

Apesar de ter sido condenado a uma pena suspensa de quatro anos, decretada em Março passado pelo juiz que julgou o ‘ladrão mudo’ por sete assaltos a farmácias, em que ameaçava ter uma arma, o arguido, de 38 anos, está livre e obrigado a apresentar-se todos os dias na PSP. Tal como a mulher, está proibido de sair do concelho de Matosinhos, onde efectuou todos os assaltos.

Na última investida, o ‘ladrão mudo’ passou a cúmplice: ficou a vigiar a rua, enquanto a mulher, de 39 anos, apontou a arma à empregada da "AR Pharma", no passado sábado, na avenida Xanana Gusmão, em Matosinhos. Levaram 185 euros.

Bastaram dois dias à Policia Judiciária do Porto para identificar Fernando Lima e a mulher, apresentando-os a tribunal, ontem à tarde. Ao início da noite, ambos saíam livres do edifício.

LADRÃO ASSALTO ROUBO MATOSINHOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)