Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Ladrão sequestrou vítima

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Porto, deteve anteontem um homem, de 29 anos, suspeito de, no final de 2003 juntamente com outros indivíduos, ter sequestrado uma funcionária de um pronto-a-vestir de Santa Maria da Feira durante um assalto a um estabelecimento. A mulher foi fechada numa casa de banho da loja e só foi libertada passado algum tempo por uma pessoa que se apercebeu do assalto e dos gritos da vítima.
19 de Janeiro de 2007 às 00:00
Suspeito foi detido pela PJ
Suspeito foi detido pela PJ FOTO: Marta Vitorino
Segundo a Polícia Judiciária, a detenção ocorreu no desenvolvimento de “várias diligências investigatórias, no âmbito do combate ao banditismo” e o suspeito está indiciado de sequestro e roubo.
A PJ especifica que, logo no início do assalto, a funcionária foi colocada à força no interior de uma casa de banho da loja – “onde permaneceu privada da sua liberdade até à consumação do roubo de vários objectos existentes na loja, incluindo a respectiva caixa registadora”.
De acordo com a PJ, só algum tempo mais tarde a vítima foi libertada, por acção de uma testemunha que terá presenciado a fuga dos autores do crime. A vítima, ao aperceber-se de que os assaltantes tinham ido embora, gritou por socorro e foi ouvida pela referida testemunha.
O detido, “possuidor de vários antecedentes criminais pela prática de crimes da mesma natureza”, especifica a Judiciária, é ainda suspeito da prática de vários outros crimes contra o património, realizados antes e depois do assalto ao pronto-a-vestir.
O detido foi presente a tribunal, para efeitos de primeiro interrogatório judicial.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)