Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Ladrões atacam caixas de esmolas em igrejas de Mafra e Alhandra

Arrombaram portas de capela e igreja e levaram ofertas dos fiéis.
Sérgio A. Vitorino e N.R. 30 de Dezembro de 2021 às 08:41
Igreja Matriz de Alhandra também foi alvo
Cofre que estava numa das paredes da Capela do Arquiteto foi arrancado
Porta da capela arrombada
Igreja Matriz de Alhandra também foi alvo
Cofre que estava numa das paredes da Capela do Arquiteto foi arrancado
Porta da capela arrombada
Igreja Matriz de Alhandra também foi alvo
Cofre que estava numa das paredes da Capela do Arquiteto foi arrancado
Porta da capela arrombada
Pelo menos duas igrejas foram arrombadas e assaltadas, nos dois dias seguintes ao Natal, tendo os ladrões, que podem pertencer ao mesmo grupo, levado milhares de euros em dinheiro oferecido pelos fiéis como esmolas. O primeiro furto ocorreu na Capela da Nossa Senhora do Arquiteto, numa zona florestal isolada em Mafra. No dia seguinte foi a vez da Igreja Matriz de Alhandra, Vila Franca de Xira, onde todos os cofres de esmolas foram arrombados.

De acordo com fontes policiais, o furto na Capela da Nossa Senhora do Arquiteto ocorreu na madrugada do dia 26. “Um belo presente de Natal! Hoje deparamo-nos com este cenário de puro vandalismo! O objetivo era de certo levar o valor das esmolas que a boa gente nos deixa a cada visita!”, lamentou nas redes sociais a comissão de festas da capela onde anualmente, no domingo de Pentecostes, é celebrada a padroeira Nossa Senhora do Socorro. “Rebentaram a porta com um gastalho [armação usada em marcenaria], que deixaram para trás, partiram o nosso cofre e partiram a parede! Agradecemos que, se alguém viu alguma coisa, entre em contacto”, apelam. A GNR investiga.

Já a Igreja Matriz de Alhandra, no centro da vila, foi atacada entre as 16h00 do dia 27 e as 09h00 de 28, período em que esteve encerrada. De acordo com fonte policial, os assaltantes arrombaram a porta principal e abriram, danificando-os, todos os dez cofres de esmolas que estão espalhados pelas paredes interiores da igreja.

Foi o pároco - que não respondeu a uma tentativa de contacto do CM - quem, de manhã, deu conta do assalto. De acordo com a queixa na PSP, foi levado um total de cerca de 1700 euros em esmolas. Desses, 1300 já estavam recolhidos e arrumados em sacos num móvel da sacristia. Outros 200 euros estavam nos cofres arrombados. A PSP fez perícias e investiga.

Sacristia da Igreja de Recarei assaltada
A sacristia da Igreja de Recarei, em Paredes, foi assaltada esta quarta-feira. Tudo aconteceu por volta das 10h15. Os ladrões invadiram o espaço e levaram diversos bens. Segundo a GNR, terão sido furtados uma mesa de som, no valor estimado de dois mil euros, dois tocheiros em material de estanho, no valor de mil euros, um balde de água benta de 150 euros, e uma estante com cerca de um metro de altura. Esta era em estanho e custa cerca 500 euros. Além dos bens, os larápios levaram ainda 60 euros em dinheiro, correspondentes às esmolas doadas pelos fiéis que se encontravam guardadas num ladário.
Ver comentários
}