Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Ladrões atacam duas gasolineiras

Duas bombas de gasolina foram assaltadas no Grande Porto em menos de duas horas. O primeiro roubo ocorreu na sexta-feira às 23h00 em Castelões de Cepeda, Paredes, onde um ladrão com um ferro de 80 centímetros levou 150 euros. Já cerca da 01h00 de ontem, em Esposende, quatro encapuzados, armados com facas, assaltaram o posto da BP.
24 de Junho de 2012 às 01:00
Ladrão assaltou posto de abastecimento em Paredes, onde estava a funcionária Paula Costa
Ladrão assaltou posto de abastecimento em Paredes, onde estava a funcionária Paula Costa FOTO: Roberto Bessa Moreira

No primeiro caso, o ladrão entrou no posto de combustível da Redil de cachecol e óculos de sol. Tinha um ferro na mão, mas, assim que se aproximou da funcionária, sacou de uma pistola.

"Isto é um assalto, dá-me já o dinheiro", disse o ladrão, que, não satisfeito com os 150 euros entregues, exigiu mais dinheiro.

"Ele queria mais, mas eu não tinha. Depois acabou por fugir", contou a vítima, Paula Costa.

Em Esposende, o funcionário também foi ameaçado. Três dos ladrões entraram nas bombas, enquanto o cúmplice ficou no carro. "Eles tinham um saco e obrigaram--no a meter todo o tabaco e algumas bebidas para lá, além do dinheiro que ele já tinha dado. Ainda está em pânico, nem consegue dormir", contou ao Correio da Manhã uma colega da vítima.

Os dois roubos estão a ser investigados pelas autoridades.

ASSALTOS GRANDE PORTO GASOLINEIRA PAREDES ESPOSENDE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)