Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Ladrões roubam ouro e relógios

"Ouvi um enorme estrondo e vim ver o que se passava. Aproximei--me, mas um deles apontou-me logo uma arma e ameaçou-me". Foi ainda a tremer que uma comerciante da rua Mendes Leite, no centro de Aveiro, descreveu o assalto a que assistiu, ontem ao início da tarde. Um grupo de encapuzados, armados, roubou cerca de 400 mil euros em ouro e relógios da ourivesaria Certa, e fugiu a alta velocidade.

14 de Dezembro de 2011 às 01:00
Ladrões partiram vidros para entrar na loja. Depois fugiram do local a alta velocidade
Ladrões partiram vidros para entrar na loja. Depois fugiram do local a alta velocidade FOTO: Maria João Marques

O assalto ocorreu cerca das 13h30. Os ladrões aproveitaram o facto de o gerente e a funcionária da loja terem saído para almoçar. Já com a ourivesaria vazia, os assaltantes pararam o carro, onde ficou um dos cúmplices à espera. Os restantes membros do gang usaram marretas para partir os vidros das montras e entrarem no espaço. Em segundos limparam os mostruários da ourivesaria, em Vera Cruz.

À chegada pedonal, onde fica a ourivesaria Certa, os ladrões foram surpreendidos por uma mulher que vive no prédio da loja. O gang também lhe apontou a arma. Intimidada, a mulher refugiou-se em casa.

"Fiquei tão assustada, pensei que ia morrer. Mal vi que eram ladrões comecei a fugir", contou ainda a comerciante ao CM. Os populares mostram-se assustados com a vaga de assaltos durante o dia, naquela zona. "Isto está cada vez mais inseguro", defendia um dos moradores.

A PSP foi chamada ao local, mas a investigação está a cargo da PJ de Aveiro. n

AVEIRO ROUBO ASSALTO OURIVESARIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)