Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Lei orgânica da GNR prevê Destacamentos que não existem

A portaria regulamentar da lei orgânica da GNR, publicada em Diário da República na semana passada, prevê a criação de dois novos destacamentos territoriais (Palmela e Alcobaça). No entanto, atrasos na definição de acordos entre o Governo, a GNR e as autarquias, deixam as populações sem saber quando as novas unidades irão entrar em funcionamento.
22 de Dezembro de 2008 às 00:30
Populações esperam pela GNR
Populações esperam pela GNR FOTO: d.r.

A situação de Alcobaça parece estar mais atrasada. A secretaria de Estado da Administração Interna, através da Direcção Geral de Infra--estruturas, ainda nem se sentou à mesa com a autarquia local, para a disponibilização de um terreno destinado à construção da sede do Destacamento.

Em Palmela, esse acordo existe há já vários meses. A câmara municipal já cedeu o terreno necessário às novas instalações, uma vez que o actual posto não tem condições para albergar a sede de um Destacamento, que concentre o patrulhamento na zona.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)