Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Leva marretada por 20 euros

Dois jovens, armados com uma marreta, agrediram o funcionário de uma gasolineira, em Lourosa, Santa Maria da Feira, para roubar 20 euros em moedas. O presidente da junta de freguesia ainda lhes moveu uma perseguição automóvel, mas os assaltantes desapareceram no trânsito.

30 de Maio de 2011 às 00:30
As bombas de gasolina onde ocorreu o assalto anteontem à noite
As bombas de gasolina onde ocorreu o assalto anteontem à noite FOTO: Francisco Manuel

O assalto aconteceu pelas 22h45 de sábado, quando uma carrinha Toyota, branca, parou nas bombas e o passageiro saiu a dizer que era um assalto. Manuel Pereira Gomes, de 64 anos, pensou que era uma brincadeira. "Só quando o atingiu com a marreta, na mão e na cabeça, é que percebeu que era a sério", contou ao CM Manuel Silva, proprietário das bombas de gasolina Garagem Silva, na EN1, no lugar da Vergada.

"Eu não tenho dinheiro", afirmou Manuel Gomes. Os ladrões, muito jovens, pegaram nas moedas que estavam em cima de uma mesa e fugiram. "Ouvi os gritos, atravessei a rua, mas já estavam a entrar para o carro e só tive tempo de lhes atirar com uma botija de gás que atingiu a porta do passageiro e partiu o vidro", explicou um colega da vítima que estava nas imediações. "Estava a passar, quando me apercebi do assalto e tentei persegui-los durante vários quilómetros", disse ao CM Sérgio Ribeiro, presidente da junta de Lourosa. "Eles conduziam como loucos, sem luz, e com as matrículas tapadas", continuou o autarca. Manuel Gomes foi socorrido pelos bombeiros de Lourosa e transportado para o Hospital de Santa Maria da Feira, onde recebeu tratamento hospitalar.

ASSALTO ROUBO MARRETADA SANTA MARIA DA FEIRA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)