Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Levam metal de casa serrana

O gang sabia que naquela casa de campo, onde em tempos funcionou um alambique, na Ribeira das Canas, em Monchique, havia muito metal. Depois de se ter assegurado de que o local estava desabitado, atacou e ‘limpou' tudo o que conseguiu.
15 de Março de 2013 às 01:00

"Os ladrões roubaram as portas e janelas de alumínio, a cabeça do alambique, de cobre, três fogões, um esquentador, sete garrafas de gás, tubos galvanizados, camas de ferro e outro material, no valor de cerca de sete mil euros", revelou ao CM o proprietário, que reside em Portimão.

O furto só foi detetado anteontem, por uma vizinha, que deu o alerta.

Segundo Filipe Freitas, a casa já tinha sido assaltada "em agosto passado": "Dessa vez, levaram uma máquina agrícola de sulfatar, de cobre, a baixada da luz e um rolo de cabo de cobre." Para tentar acabar com os assaltos, Filipe Freitas tomou, desta vez, uma decisão drástica: "Mandei entaipar as janelas da casa. "

No crime, terão estado envolvidos vários indivíduos, usando uma carrinha onde transportaram o material.

Os artigos furtados, apurou o CM, destinam-se a ser vendidos a sucateiras. A GNR de Monchique está a investigar o assalto, bem como outros, idênticos, ocorridos na zona.

monchique GNR metal casa furto alambique
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)