Líder de seita viola crianças e pede pena máxima para si próprio

Rui Pedro violou o próprio filho e filmou os abusos. Era o líder da ‘Verdade Celestial’.
Por Magali Pinto|28.11.17
Em causa estão dezenas de crimes de abuso sexual e pornografia de menores. Rui Pedro era o líder da seita ‘Verdade Celestial’ que estava instalada em Brejos do Assa, em Palmela. Ao todo, oito crianças, com idades compreendidas entre os seis e os quinze anos, foram sujeitas a várias práticas sexuais.

Líder de seita viola crianças e pede pena máxima para si próprio
Esta segunda-feira no tribunal de Setúbal, durante as alegações finais, o arguido, de 34 anos, pediu a pena máxima, ou seja, 25 anos de prisão, pelos crimes que ele próprio cometeu. Pediu mais do que o Ministério Público, que apontou os 23 anos de cadeia como sendo uma pena justa.

A leitura do acórdão está marcada para o dia 12 de dezembro. Rui Pedro afirmava que era o ‘mestre’ e sob este pretexto dizia aos pais das crianças que elas tinham de passar a noite consigo na quinta para serem ‘curadas’. Era nessa altura que eram sujeitas às violações. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!