Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

LISBOA COBRA CARGAS E DESCARGAS ATRAVÉS DE SISTEMA VIA VERDE

Depois das auto-estradas, parques de estacionamento e acesso aos bairros históricos, a Via Verde vai chegar às cargas e descargas na cidade de Lisboa. Além da limitação de tempos, está prevista a cobrança de taxas. Uma hora a realizar estas operações custará 4,68 euros.
29 de Julho de 2004 às 00:00
O novo sistema de Via Verde para controlo das cargas e descargas, concebido pela Brisa a pedido do vereador da CML e presidente da EMEL, António Carlos Monteiro, será apresentado hoje à tarde em Lisboa. Na demonstração técnica estarão presentes o presidente da autarquia, Carmona Rodrigues, e o presidente da Via Verde Portugal e vice-presidente da Brisa, Pedro Rocha e Melo.
O novo sistema, que entrará em vigor no próximo mês de Setembro a título experimental na zona da Avenida 5 de Outubro, consiste na aplicação no veículo de um identificador que será accionado pelo proprietário do veículo e que contabilizará o tempo de realização da operação.
As operações de cargas e descargas, no caso de veículos comerciais até 6,5 toneladas, será gratuita nos primeiros 20 minutos. Após esse tempo aplica-se as seguintes taxas: até uma hora de duração, paga-se 0,12 cêntimos por minuto (o que dá o total de 4,68 euros, correspondente a 39 minutos); até duas horas de duração, paga 0,18 cêntimos por minuto; até três horas de duração paga, 0,24 cêntimos por minuto e, finalmente, até quatro horas, paga 0,48 cêntimos por minuto.
A cobrança será efectuada por débido em conta (conforme o tempo registado pelo identificador), mas também pode funcionar através de carregamento no Multibanco.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)