Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

LIXEIRA DE BOBA DÁ LUGAR A PARQUE COM PISTA DE ESQUI

A lixeira da Boba, na Amadora, vai dar lugar a um grande parque lúdico que terá como principal atracção uma pista de esqui sintética. As obras com vista à transformação do terreno começam no primeiro semestre de 2003 e prolongar-se-ão por um ano e meio, pelo que o parque só abrirá ao público em finais de 2004.
19 de Dezembro de 2002 às 00:00
“O projecto que a autarquia apreciou respeita à construção de um grande parque lúdico, cerca de 40 hectares, com uma pista de esqui semelhante à da serra da Estrela”, adiantou ao Correio da Manhã o vice- -presidente da Câmara da Amadora, Gabriel Oliveira.

A pista de Manteigas, por ser sintética, permite mais facilmente escorregar, pelo que a aprendizagem de esqui e ‘snowboard’ está simplificada, apesar de as técnicas utilizadas serem as mesmas da neve. Também é possível esquiar durante a noite, graças ao sistema de iluminação.

Segundo o autarca, apesar de semelhante à de Manteigas - aqui a pista de descida tem 400 metros de comprimento, 15 a 20 de largura e uma inclinação média de 25% -, “será muito maior, porque os habitantes aqui são dois milhões e meio e lá são bastante menos”, frisou. É que, segundo Gabriel Oliveira, a pista e o parque poderão e deverão ser usufruídos pela população da Grande Lisboa. “Há falta de parques desta dimensão na Área Metropolitana e a Boba vai ter excelentes acessibilidades: O Nó de Santo Elói, que está a ser construído agora, no valor de seis milhões de contos; os acessos pela CRIL; a CREL e pelo IC16”, especificou.

Gabriel Oliveira lembrou que a lixeira da Boba está em fase de selagem, processo que ficará concluído em Março do próximo ano. “Depois será preciso um ano e meio para as obras”, disse, referindo que a Câmara não vai gastar um cêntimo com a obra: “Damos direito de construção e exploração de todo o espaço onde está a lixeira.” A lixeira da Boba data de meados do século passado. “Era uma antiga pedreira onde, em 1930 começou a ser despejado lixo. Foi encerrada em 1985 e só no ano passado é que se resolveu fazer a selagem”, recordou.

GOLFE EM JARDIM INTERACTIVO

A Câmara da Amadora tem também em mãos um projecto para a serra de Carnaxide, junto ao Hospital Amadora/Sintra. Trata-se da construção de um parque urbano que terá o primeiro campo municipal de golfe do País.

“O Dr. Jorge Sampaio, que é um amante do golfe, conhece o projecto e ficou extremamente feliz. Um campo municipal é uma coisa que a Federação Portuguesa de Golfe anda à procura há muitos anos; pensou--se no Jamor... Mas nós vamos arriscar”, adiantou Gabriel Oliveira, acrescentando que o terreno tem uma área de 27 hectares e o campo será de nove buracos.

“Mas o mais importante é o parque para as crianças”, salientou o autarca, explicando que se trata de “um parque infantil fora do comum; com peças únicas no País em que haja o contacto com a água, com o som, a música... um parque de animação mais tipo lego”, exemplificou. “No princípio do próximo ano será lançado o concurso público. Depois teremos um ano e meio de construção”, disse, adiantando que o Aterro Sanitário de Carengue, com cerca de três hectares também irá dar lugar a um espaço verde.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)