Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Loures troca crise pelo Fado

O Carnaval de Loures deixou mais uma vez de lado a sátira política, dando lugar ao Fado, recentemente considerado como Património Imaterial da Humanidade.

19 de Fevereiro de 2012 às 18:11
Tarde foi de alegria e não houve tempo para o tema 'crise'
Tarde foi de alegria e não houve tempo para o tema 'crise' FOTO: Jorge Paula

“Fado-outra forma de vida” é o tema do desfile deste ano. O início do corso estava marcado para as 14h30 mas só perto das 15h00 os carros saíram à rua. As ruas circundantes à piscina de Loures encheram-se de visitantes, que receberam o corso carnavalesco em pleno ambiente de folia.

O desfile contou com a presença de 14 carros alegóricos, num total de cerca de 1000 figurantes. Todos os grupos lembraram alguns dos fados mais conhecidos como, “O Palhaço”, “Lisboa Antiga”, “Ai Mouraria”, ”Uma Casa Portuguesa”, ”Cheira a Lisboa”, “Gaivota”, homenageando alguns dos inesquecíveis fadistas portugueses, como Hermínia Silva, Amália Rodrigues, Alfredo Marceneiro ou Carlos Ramos.

A tarde foi de alegria e não houve tempo para o tema “crise”. ”É espectacular, é sempre espectacular o Carnaval. A crise não chegou ao nosso carro”, afirmou ao CM Sandra Carlos, 38 anos, do Grupo da Ponte de Lousa.

Já Joana Morais, animadora sociocultural ,de 22 anos, não tem a mesma opinião. “Venho sempre ao Carnaval de Loures. Este ano foi super afectado pela crise, está tudo vazio, muito menos gente”, afirma.

O sol marcou esta tarde de domingo que proporcionou a milhares de pessoas um Carnaval cheio de cor e alegria.

carnaval loures festejos fado crise
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)