Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Luta sem glória

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga deu ontem mais uma machadada na luta dos defensores da Maternidade de Barcelos, anteontem encerrada pelo ministro da Saúde, ao rejeitar a providência cautelar que tinha sido interposta pela autarquia barcelense para tentar suspender a decisão de Correia de Campos.
28 de Junho de 2006 às 00:00
O magistrado que analisou o assunto concluiu que não estão reunidos os pressupostos legais para que a decisão de encerramento da sala de partos seja suspensa.
O presidente da Câmara de Barcelos, Fernando Reis, já fez saber que, “apesar deste contratempo, a luta vai continuar”.
“Perdemos uma pequena batalha, mas estamos longe de perder a guerra”, disse um membro do gabinete do autarca, sublinhando que “será entregue brevemente no tribunal a acção principal de impugnação da decisão”.
O fecho da Maternidade, às 24 horas de anteontem, ficou marcado pelo ruidoso protesto de mais de mil pessoas, às portas do Hospital de Santa Maria Maior.
Num dos pilares da entrada principal do hospital, os manifestantes penduraram um caixão que dizia “aqui jaz a Maternidade de Barcelos, nascida a 1 de Janeiro de 1940 e falecida a 26 de Junho de 2006, assassinada por Correia de Campos”.
O fechar definitivo das portas foi acompanhado de muita emoção pelos funcionários, equipa médica e direcção do Hospital.
Na rua em frente, a população gritava palavras de ordem contra o ministro da Saúde, que dizem ter cometido “um crime contra o concelho de Barcelos”.
As parturientes de Barcelos e Esposende são agora encaminhadas para o Hospital de Braga.
BARCELOS SEM PARTOS
BRAGA A POSTOS
A administração do Hospital de S. Marcos, em Braga, assegura que, apesar de não estarem concluídas as obras de remodelação da Maternidade, está tudo a postos para receber as parturientes dos concelhos de Barcelos e de Esposende.
OBSTETRÍCIA FICA
O Hospital de Barcelos mantém o serviço de Ginecologia e Obstetrícia. A Administração Regional de Saúde assegura que as grávidas continuam a ser acompanhadas pelos médicos de família ou pelos do hospital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)