Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

MÁ SINALIZAÇÃO NA VIA DO INFANTE

Os milhares de turistas esperados no Algarve este Verão correm o sério risco de se perderem, devido à má sinalização da Via do Infante (A22), estrada concluída há dois meses. Essa má sinalização é evidente nos acessos a Lagoa, Lagos e Portimão.
3 de Junho de 2003 às 00:00
Também há falhas nos acessos
Também há falhas nos acessos FOTO: Miguel Veterano
Além das falhas de sinalização, estão bastante atrasados os acessos da A22 a Lagos e Portimão, precisamente as mais procuradas pelos turistas no barlavento algarvio.
A Via, sem portagens, foi construída para descongestionar a EN125, mas esta estrada pode voltar a encher-se de carros este Verão, dada a inexistência de um acesso directo entre a A22 e Portimão.
Essa falta obriga os utentes da Via, cujo destino é aquela cidade, a saírem em Lagoa e percorrer uma dezena de quilómetros pela 125. Com a principal saída para Lagos "fechada para obras", concluídas a meio deste Verão, a saída alternativa está mal sinalizada: aponta "Lagos-Este" e não tem qualquer indicação, sequer provisória, de que se trata afinal da saída mais directa para a cidade, levando o condutor a seguir em frente, para Bensafrim.
Segundo constatou a Lusa, a má sinalização está a causar sérios transtornos aos utentes, sendo o caso de Lagoa bem expressivo: quem queira entrar na A22 a partir daquela cidade não encontra qualquer placa de acesso, apesar de haver uma entrada na Via a apenas dois quilómetros da povoação.
Entretanto, a Euroscut, concessionário da A22, reconhece os erros de sinalização, garantindo que a questão vai ser debatida com o IEP.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)