Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Madrugadas violentas no Algarve

Casos estão todos ligados à diversão noturna.
João Mira Godinho e José Carlos Eusébio 16 de Agosto de 2017 às 08:32
Hospital de Faro
GNR
GNR
Hospital de Faro
GNR
GNR
Hospital de Faro
GNR
GNR
Um conjunto de incidentes violentos tem marcado as últimas madrugadas, em particular na zona de Vilamoura, Loulé, mas também noutras áreas da região.

As situações têm em comum estarem ligadas à diversão noturna.

Na madrugada de ontem, o Grupo de Intervenção e Ordem Pública da GNR identificou seguranças da discoteca Seven, que terão agredido um cliente, estrangeiro, que tentou fugir sem pagar.

Já o INEM foi chamado à zona da discoteca Lick, em Boliqueime, para assistir um ferido, na sequência de agressões, que foi transportado ao hospital de Faro.

Em Albufeira, dois franceses, de 20 e 30 anos, tiveram de receber tratamento médico a ferimentos, após serem agredidos na travessa Cândido dos Reis, pelas 03h37.

Os bombeiros locais levaram um ao centro de saúde, o outro ao hospital de Faro. Já antes, às 00h32, os Bombeiros de Albufeira tinham levado, ao mesmo hospital, um inglês, de 58 anos, alvo de agressões, no Cerro de Alagoa.

Na véspera, confrontos entre dois grupos causaram três feridos, entre 21 e 24 anos, na zona da discoteca Seven.

PORMENORES
Assistências regulares
Regularmente, e em particular aos fins de semana e vésperas de feriado, os Bombeiros de Albufeira são chamados às zonas de diversão noturna para assistirem vítimas de agressões. O número de casos aumenta grandemente no verão.

Detido com bolota
O Grupo de Intervenção e Ordem Pública da GNR que está a reforçar o patrulhamento em Vilamoura deteve, na madrugada de segunda-feira, um homem na posse de uma bolota de haxixe (cerca de 10 gramas). Foi constituído arguido.
Ver comentários