Mãe de jovem com doença rara revoltada por falta de apoios

João Sampaio sofre de doença rara e depende de terceiros para tudo.
Por Patrícia Lima Leitão|13.02.19
João Sampaio, de 37 anos, viu ser-lhe diagnosticada, aos 28, uma doença neurodegenerativa rara que o tornou dependente de terceiros nas necessidades mais básicas do dia a dia.

Com o passar do tempo, o estado de saúde foi-se agravando, o que levou a mãe a requerer, à Segurança Social, o complemento por dependência em 2º grau (já beneficiava do 1º grau). O pedido foi negado, por duas vezes, o que gerou revolta.

"O doente encontra-se totalmente dependente de terceiros para atividades da vida diária", lê-se no atestado passado por uma médica do Hospital de Santo António que incentivou Albina Sampaio a pedir a revisão do grau de dependência.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!