Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Mãe diz que filho GNR a “desgraçou” durante julgamento de burla no valor de 406 mil euros

Sérgio Ribeiro referiu-se à progenitora como uma pessoa “explosiva”.
Fátima Vilaça 23 de Setembro de 2021 às 09:18
Sérgio e a mulher
Sérgio e a mulher FOTO: Direitos Reservados
“Tu não mereces nada. És um desgraçado porque me desgraçaste a vida.” A frase de Jovita Ribeiro, retirada de uma escuta telefónica, foi lida esta quarta-feira durante o julgamento do filho, o GNR de Fafe acusado de, com os pais e a mulher, juíza estagiária, ter burlado 32 pessoas em 406 mil euros para sustentar uma vida de luxo.

Confrontado com a frase da mãe, depois de ter garantido ao coletivo de juízes desconhecer a falência pessoal dos pais, Sérgio Ribeiro referiu-se à progenitora como uma pessoa “explosiva”.

O militar foi o único a falar na segunda sessão do julgamento. A mulher, Soraia Ribeiro, faltou por ter sido mãe na segunda-feira.

GNR Jovita Ribeiro Fafe crime lei e justiça julgamentos burla
Ver comentários