Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Mãe e filha esfaqueiam e rapam cabelo a britânica rival em Albufeira

Um amigo das duas mulheres esteve também envolvido nos crimes.
Ana Palma 29 de Janeiro de 2019 às 01:30
Tribunal de Portimão
Justiça
Justiça
Tribunal de Portimão
Justiça
Justiça
Tribunal de Portimão
Justiça
Justiça
Duas mulheres - mãe e filha, de 40 e 24 anos -, e um homem de 22, vão começar a ser julgados, em coautoria, no Tribunal de Portimão, pelos crimes de sequestro e ofensas à integridade física qualificadas de uma britânica de 21, em Albufeira. 

O caso aconteceu em maio de 2015, quando a vítima, que trabalhava num bar em Albufeira, se envolveu com o companheiro da arguida mais jovem - de quem o homem até já tinha um filho em comum, facto que a britânica desconhecia.

Alertada para a situação, a mulher traída atraiu a britânica até um carro onde estava a mãe e um amigo e seguiram todos até uma estrada perto da estação de Alcantarilha.

Aí, atrás de uns arbustos, as duas mulheres agrediram a vítima a soco e pontapé, cortaram-lhe roupas com uma faca e tesoura - com as quais já a tinham ameaçado - e depois o cabelo, com uma máquina de cortar cabelo.

A vítima, que ficou sem roupa, segundo o Ministério Público (MP), sofreu "vários cortes" no "rosto, cabeça e costas". Depois foi abandonada no local, "à sua sorte, em local ermo, isolado e desconhecido, toda nua e gravemente ferida, a esvair-se em sangue", adianta o MP.

A britânica foi ajudada por populares e levada ao hospital de Portimão.

PORMENORES 
Colocaram vida em perigo
A Acusação diz que as arguidas, de Porches, "praticaram atos idóneos e adequados a colocarem em perigo a vida e a integridade física da ofendida". Agiram "de forma livre, deliberada e consciente", em "plena comunhão de esforços e intentos".
Condutor sem carta
O terceiro arguido, que conduziu o carro onde a vítima foi sequestrada - um Honda Civic - , não tinha carta de condução, crime pelo qual também vai responder em Tribunal. Foi identificada pela vítima, bem como as duas mulheres. Os crimes ocorreram a 26 de maio de 2015. 
Albufeira Tribunal de Portimão Alcantarilha Ministério Público Portimão crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)