Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

MÃE E FILHO AFOGADOS

Uma criança, de nove anos, e a sua mãe, de 39, morreram afogados, ontem à tarde, cerca das 18h30, na zona da Espargueira, na Ria de Alvor (no lado da Mexilhoeira Grande), quando, ao que tudo indica, caíram num fundão ali existente.
20 de Agosto de 2002 às 01:37
Nas imediações encontravam-se outras pessoas, que quando se aperceberam do sucedido já nada puderam fazer. Os corpos das vítimas - Edgar Florêncio Gonçalves e Maria Alice Guerreiro, residentes no sítio de Montes de Cima, na freguesia da Mexilhoeira Grande - foram retirados por populares. Os Bombeiros de Portimão e uma equipa de Emergência Médica compareceram pouco depois no local, limitando-se o médico a confirmar o óbito.

Os corpos foram removidos para a morgue do Hospital do Barlavento. Na altura em que se deu a tragédia, a maré estava em baixa-mar, pelo que a ria apenas apresentava um veio de água no seu centro. As correntes e os fundões são o grande perigo para quem se dispõe a tomar banho neste local não vigiado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)