Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mãe quer o poder paternal

A disputa sobre a regulação do poder paternal e a guarda da menor Esmeralda Porto regressa amanhã ao Tribunal de Torres Novas, que irá julgar um pedido de alteração apresentado pela mãe, Aidida Porto.
6 de Janeiro de 2010 às 00:30
Aidida quer o poder paternal
Aidida quer o poder paternal FOTO: Tiago Sousa Dias

No pedido, Aidida Porto sustenta que tem melhores condições para dar "estabilidade psicológica" à filha, funcionando como uma "ponte de diálogo" com o pai, mas também com o casal que a criou entre os três meses e os seis anos. Esmeralda tem sete anos e está ao cuidado do pai, Baltazar Nunes, que detém a guarda e o poder paternal.

O advogado de Baltazar Nunes, José Luís Martins, disse à Lusa que o seu cliente "está tranquilo", pois "fez sempre o melhor pela menina", aguardando que "o tribunal faça justiça". Esmeralda passou as férias de Natal com o pai, a mãe e o casal Adelina Lagarto e Luís Gomes. Na escola, o seu aproveitamento tem sido "muito bom, quase exemplar", disse José Luís Martins.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)