Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Máfia de Leste vigia para roubar

Rede russa e georgiana faz 11 roubos a casas em Portugal.
Miguel Curado 14 de Outubro de 2016 às 08:43
Assaltantes dedicavam-se a vigiar as rotinas dos donos das residências, para depois atacarem e roubarem ouro e joias
Assaltantes dedicavam-se a vigiar as rotinas dos donos das residências, para depois atacarem e roubarem ouro e joias FOTO: Jupiter Images
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) acredita ter dado um rude golpe numa rede internacional de roubos a casas, com a detenção de seis georgianos, já em prisão preventiva. Os assaltantes chegaram a Portugal com o intuito de recolherem informações sobre as forças de segurança e os alvos a atacar para, depois, concretizarem os furtos.

A organização criminosa, ao que o CM apurou, é conhecida em vários países da Europa como a ‘Máfia dos Ladrões em Lei’. Com sede nas cidades de Moscovo, capital da Rússia, e Tbilissi, capital da Geórgia, o grupo introduziu-se em Portugal há vários meses. Os primeiros operacionais entraram no País legalmente, com vistos de turista com a duração de três meses.

Com dinheiro para se manterem durante várias semanas, os assaltantes selecionavam as zonas do País que mais lhes agradavam para realizarem assaltos. Seguia-se a seleção dos alvos, normalmente apartamentos situados em zonas de luxo.

Até ao momento, e pelo que o SEF já revelou, foram assaltadas onze residências (uma em Lisboa e as restantes no Norte do País). O gang roubou ouro, joias e outros bens valiosos.

Segundo a investigação, todo o produto do roubo terá saído de Portugal, com destino às cidades-sede da rede internacional.
Durante as buscas realizadas em Viseu, Ovar, Vila Nova de Gaia, Santa Marta de Penaguião e Peso da Régua, o SEF ainda conseguiu apreender algumas joias, documentos falsos e ferramentas usadas nos furtos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)