Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Magistrada pede nova autópsia quatro anos depois da morte dos comandos Hugo Abreu e Dylan Silva

Primeiro exame aponta a causa da morte dos militares como "um golpe de calor".
Correio da Manhã 23 de Dezembro de 2020 às 08:36
Dylan da Silva
Recruta Hugo Abreu superou 15 horas dos mais exigentes exercícios físicos
Dylan da Silva
Recruta Hugo Abreu superou 15 horas dos mais exigentes exercícios físicos
Dylan da Silva
Recruta Hugo Abreu superou 15 horas dos mais exigentes exercícios físicos
Quatro anos passados após a morte de Hugo Abreu e Dylan Silva durante a "prova zero" no 127º curso dos comandos, e com o julgamento dos 19 arguidos a decorrer, o Ministério Público requereu uma autópsia ao corpo de Hugo Abreu, avançou esta terça-feira a SIC.

A magistrada não terá ficado convencida com o primeiro exame, que aponta a causa da morte dos militares como "um golpe de calor" e pretende um novo exame ao cadáver.
Hugo Abreu Dylan Silva Ministério Público SIC questões sociais
Ver comentários