Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

MAIS 7500 LUGARES DE ESTACIONAMENTO EM LISBOA

O vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carmona Rodrigues, em entrevista ao “Público”, anunciou que a cidade vai ter, este ano, mais 7.500 novos lugares de estacionamento, com a inauguração dos parques em construção e o envio para a sucata de carros abandonados na via pública.
6 de Janeiro de 2003 às 11:23
Carmona Rodrigues estima ainda um défice de estacionamento “de mais de 200 mil lugares”, que “é preciso colmatar”, adiantando que a autarquia pretende “deitar mão a muitos espaços aproveitáveis”.

”Às vezes, há pequenas coisas que se conseguem, 30 lugares aqui, 60 ali... parece não ser muito, mas ao nível de um bairro é muito importante”, afirma, sublinhando que a grande aposta da Câmara Municipal é, porém, uma “mega-operação” de remoção de carros abandonados da via pública o que “permitirá disponibilizar cerca de quatro mil lugares”. “Vamos fazer um edital a avisar que o carro tal, se não for removido no prazo de 45 dias, é levado para a sucata”, afirmou ao Público.

O vereador apontou ainda os novos parques de estacionamento à superfície e no subsolo que surgirão durante o ano, como são os casos do parque do Campo Santana, Praça de Londres, Largo de Jesus, Praceta Lins do Rego, Vitorino Damásio, Calçada do Combro e do silo do Mercado do Chão de Loureiro.

”Vamos avançar ainda com o alargamento do parque do Largo do Camões, estudar a viabilidade do parque do Príncipe Real e temos que ver também o caso de um parque em Campo de Ourique, com 300 lugares, pronto a estrear desde há dois anos, mas que ainda não abriu”, adiantou.

Carmona Rodrigues aposta ainda no fim do betão em Lisboa apostando numa política de reabilitação do que já existe.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)