Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

MAIS AUTOCARROS E NOVAS CARREIRAS

Entraram ontem em funcionamento quatro novos autocarros da Carris, que investe 60 milhões de euros na aquisição de 408 viaturas. A par da renovação da frota, a empresa reestrutura a sua rede de transportes, com supressão, alteração ou prolongamento de carreiras, reforçando a zona Alta de Lisboa (Alto do Lumiar) e reforçando a expansão da rede do Metropolitano.
5 de Maio de 2004 às 00:00
“A chegada do Metro a algumas zonas da cidade potencia a sobreposição da oferta de transportes, o que obriga a Carris a reestruturar o seu serviço, que passa pela articulação com as novas estações do Metro”, declara ao CM Silva Rodrigues, presidente da Carris.
Silva Rodrigues anuncia que 208 novos autocarros já foram adquiridos e começam a circular pelas ruas de Lisboa este ano. Em 2005 e 2006 serão adquiridos mais 200 autocarros. Cerca de 500 velhas viaturas, com uma idade média de 16,5 anos, serão abatidas, contribuindo para a “segurança dos passageiros e qualidade do transporte e um contributo para a qualidade ambiental”.
José Maia, director de coordenação da rede da Carris, sublinha que as alterações não se restringem apenas com a extensão da Linha Amarela do Metro a Odivelas, que conta desde 27 Março com cinco novas estações (Lumiar, Quinta das Conchas, Ameixoeira, Senhor Roubado e Odivelas).
Assim, foi suprimida em Março a carreira 101 e em Abril implementaram-se alterações das carreiras 1, 3, 36, 47, 55 e 108 (esta última fica, por enquanto, adiada) e suprimiu-se a carreira 4. Quando o interface da Ameixoeira dispuser de condições mínimas de utilização, a Carris altera a carreira 77 e cria a carreira 84.
As maiores diferenças negativas ocorrem, segundo o responsável, na Av. Padre Cruz (corte da carreira 101) e no eixo da Av. República/Campo Grande, devido ao desvio da carreira 1 e o encurtamento ao Campo Grande das carreiras 47 e 108. As variações positivas localizam-se sobretudo no Alto do Lumiar e na ligação à Praça de Espanha.
Ao mesmo tempo que a Carris anunciava o reforço da frota, no exterior da estação de Metro da Musgueira, um grupo de trabalhadores da empersa manifestou-se, exibindo uma faixa onde apelavam à “ defesa dos direitos e postos de trabalho”.
ALTERAÇÕES
001 - Sete Rios-Charneca: passa a servir a Alta de Lisboa, alterando o percurso a partir de Entrecampos.
003 - Bairro St.ª Cruz-Campo Grande: Faz o prolongamento do Lumiar à Ameixoeira e Charneca.
017 - Praça do Chile-Fetais:Vai servir a Alta de Lisboa através do eixo central.
036 - Odivelas-cais do Sodré: É prolongada entre os Restauradores e o Cais do Sodré.
047 - Campo Grande Metro-Pontinha Metro: Encurtada para o Campo Grande.
077 - Campo Grande Metro-Ameixoeira Metro: Prolongamento até à Ameixoeira Metro.
084 - Ameixoeira Metro-Galinheiras: Faz a ligação entre Galinheiras, Charneca e Alta de Lisboa.
108 - Campo Grande Metro-Galinheiras: É encurtada até ao Campo Grande.
055 - Sete-Rios – Chelas: Deixa de ter reforço parcial de manhã.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)