Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Violento incêndio destrói armazém em Évora e obriga a retirar trabalhadores. Veja as imagens

Densa coluna de fumo visível a vários quilómetros de distância. No interior do armazem há vários materiais inflamáveis e tóxicos.
Hugo Rainho 11 de Agosto de 2021 às 15:03
A carregar o vídeo ...
Fogo destrói armazém de material de piscinas em Évora e obriga a retirar trabalhadores

Está dado como dominado o incêndio que deflagrou ao início da tarde desta quarta-feira num armazém de material de piscinas, no parque industrial de Évora mobiliza mais de 40 bombeiros, apoiados por 13 viaturas.

Uma densa coluna de fumo era visível a vários quilómetros de distância. No interior do armazem, apurou o CM, há vários materiais inflamáveis e tóxicos, como tintas, coberturas e plásticos.

O alerta foi dado pelas 13h29. A grande preocupação dos bombeiros é evitar que o fogo se propague ao armazém contíguo, que guarda garrafas de oxigénio, material que poderá agravar seriamente a força das chamas. As garrafas de oxigénio estão já a ser retiradas do interior do espaço.

Segundo relataram testemunhas, não haveria ninguém no interior do armazém quando o fogo deflagrou. A PSP está a retirar trabalhadores da zona do parque industrial.

Operacionais mantém-se no local para controlar as chamas, assim como a Polícia Judiciária, para averiguar causas do incidente.

Évora acidentes e desastres incêndios
Ver comentários