Mais de 97 mil acidentes rodoviários provocaram 426 mortos este ano

Número de vítimas mortais aumentou em relação ao mesmo período do ano passado.
17.11.13
  • partilhe
  • 0
  • +
Mais de 97 mil acidentes rodoviários provocaram 426 mortos este ano
Número de mortos nas estradas portuguesas desceu 14,2% Foto Francisco Manuel

Mais de 97 mil acidentes rodoviários ocorreram este ano nas estradas portuguesas, representando um aumento de 443 em relação ao mesmo período de 2012, mas o número de mortos desceu 14,2%.

Os números são da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) e divulgados por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, que se assinala este domingo.

Segundo a ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, 97.440 acidentes com vítimas e danos materiais ocorreram entre 1 de janeiro e 7 de novembro, enquanto no mesmo período do ano passado se tinham registado 96.997 acidentes.

Os dados adiantam que os acidentes provocaram 426 vítimas mortais, este ano, menos 14,2% do que em 2012, quando morreram 497 pessoas, no mesmo período.

Os distritos que registam o maior número de acidentes e vítimas mortais são os de Lisboa e Porto, indica a ANSR, sublinhando que os feridos graves diminuíram 8,7% este ano, em relação a 2012.

Segundo a ANSR, 1.616 pessoas ficaram gravemente feridas este ano, contra as 1.770 registadas no mesmo período de 2012.

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E VEJA A PEÇA DA CMTV

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
4 Comentários
  • De Joao17.11.13
    As estradas são boas, a velocidade, o álcool e a falta de civismo, são as causas desta guerra civil que nunca acaba. Os portugueses so sabem o pe na carpete e as famílias e que choram. Ate quando?
    Responder
     
     0
    !
  • De Annonimous17.11.13
    ... Não se vangloriem pelas campanhas anti sinistralidade realizadas! Isto verifica-se, pela redução significativa de transito nas nossas estradas!
    Responder
     
     0
    !
  • De Santana17.11.13
    Podia haver menos acidentes, se as autoridades fizessem o que lhes compete, autuar as Camaras Municipais por estradas deficitárias e com má sinalização, e estarem mais visíveis ao longo das estradas.
    Responder
     
     1
    !
  • De devagar17.11.13
    e o ano,ainda nao acabou.....viva portugal
    Responder
     
     0
    !