Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Mais peixe e a preço mais alto

Quantidade de pescado vendido nas lotas da região aumenta 221 toneladas este ano.
27 de Agosto de 2013 às 01:00
Pescadores da região aumentaram as capturas de pescado em 221 toneladas, no primeiro semestre
Pescadores da região aumentaram as capturas de pescado em 221 toneladas, no primeiro semestre FOTO: António Pedrosa

Nos primeiros seis meses do ano, os pescadores algarvios venderam mais peixe e a um preço médio superior ao verificado ano passado, segundo o boletim Datapescas, da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

De acordo com os dados do documento, as capturas de pescado atingiram quase as 11 mil toneladas, enquanto no ano passado ficou-se por pouco mais de 10,7 mil toneladas. Contas feitas, os barcos da região trouxeram para terra mais 221 toneladas de peixe.

A lota de Tavira foi a que registou, em termos percentuais, um maior aumento da quantidade de pescado – mais 253% em comparação com período similar de 2012. Uma evolução resultante do aparecimento de muito polvo durante os primeiros seis meses deste ano – situação que, no entanto, se alterou drasticamente nos últimos meses.

Nas restantes lotas da região, Portimão apresentou um acréscimo de 41% e Lagos de 31,8%. Já Olhão registou uma queda de 22,8% e em Vila Real de Santo António a descida foi residual (1,5%).

Em relação ao preço médio do pescado transacionado nas lotas algarvias, este passou de 2,26 euros/quilo, em 2012, para 2,61 euros, este ano.

peixe pescas Algarve semestre
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)