Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mais sexo associado a álcool e droga

Os adolescentes portugueses estão a fumar menos e a usar mais o preservativo do que há alguns anos, mas têm mais sexo associado ao consumo de álcool e drogas, revela um estudo apresentado ontem no 8.º Congresso de Pediatria.
4 de Outubro de 2007 às 00:00
O estudo ‘Estilos de Vida dos Adolescentes Portugueses 1998-2006’, realizado por uma equipa da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa, baseou-se em inquéritos a cerca de cinco mil adolescentes do 6.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade, com uma média de idades de 14 anos.
O estudo indica que o uso de preservativo subiu entre 2002 e 2006: dos jovens que já fizeram sexo, 18,9 por cento admitiram não terem usado preservativo na última relação, contra 29,9 por cento em 2002.
Ver comentários