Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mandato “positivo” na PJ

Almeida Rodrigues, o primeiro polícia a assumir a direcção nacional da PJ, considera "positivo" o primeiro ano de mandato (que hoje completa), sublinhando o aumento da taxa de resolução de crimes, num período marcado pela subida da criminalidade grave e violenta. "A PJ apresenta um crescimento de cerca de 90% em alguns indicadores de produtividade. A criminalidade, violenta, organizada e transnacional, tem sofrido rudes golpes. Esperamos, para breve, novos resultados muito positivos", disse.
9 de Maio de 2009 às 00:30
Almeida Rodrigues
Almeida Rodrigues FOTO: Luís Neves

Apesar de reconhecerem resultados operacionais positivos, os três sindicatos da PJ apontam a falta de pessoal na investigação criminal e na segurança e a insatisfação das expectativas profissionais como principais falhas.

"Tenho a sorte de dirigir excelentes funcionários, alguns dos quais são verdadeiros heróis. Com o apoio de todos, os desafios vencem-se e os problemas minimizam-se", sublinhou Almeida Rodrigues.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)