Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Mar de Lagos vai produzir ostras

O Algarve já é responsável por cerca de metade da produção aquícola nacional e o valor deve disparar, em breve, com novos projectos. Uma das culturas marinhas previstas ficará ao largo de Lagos.

11 de Junho de 2011 às 00:30
Nova exploração vai surgir entre a Ponta da Piedade e a Praia da Luz, no concelho de Lagos
Nova exploração vai surgir entre a Ponta da Piedade e a Praia da Luz, no concelho de Lagos FOTO: Paulo Marcelino

De acordo com um edital da Administração da Região Hidrográfica do Algarve, deu entrada um pedido de utilização de quase quatro milhões de metros quadrados de mar, entre Ponta da Piedade e Praia da Luz, em Lagos, para a instalação de uma exploração aquícola.

O projecto, de uma empresa da zona Centro, prevê a produção de mexilhão, ostra, vieira e leque. A quantidade anual de produção mínima estimada é cinco mil toneladas mas poderá atingir, no futuro, as 50 mil toneladas/ano.

A sotavento existem igualmente projectos em desenvolvimento, com destaque para o da Companhia das Pescarias do Algarve, que já produz vieira, ostra e mexilhão na zona da Armona. Neste ano a concessão ganhou mais dois lotes. Esta empresa, que dispõe de uma fábrica, tem também autorização para colocar armações de pesca de atum e corvina, em Tavira e Faro.

Os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística, de 2009, mostram que nesse ano a produção aquícola atingiu quase as 8 mil toneladas. A exploração em águas salobras e marinhas representava cerca da 40%. O Algarve produzia 45% do total do País.

AQUACULTURA LAGOS MAR OSTRAS ALGARVE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)